A Separação dos Mundos

21/09/2009 17:57

 

O Que Se Passa no Planeta Terra?
ASAS

 A Separação dos Mundos

15 de Setembro de 2009

 

Bem-Vindos!

 

Eu estive insistindo nesta informação por algum tempo agora, pois eu prefiro escrever sobre coisas e situações que estamos atualmente experienciando, porque isto dá às coisas maior significado e compreensão. Meu papel é somente validar, e, portanto, manter o poder em todos e em cada um de nós.

 

Para muitos, o 9 de Setembro marcou a conclusão final. Isto significou que estávamos absoluta, positiva e completamente concluídos com a velha realidade e as dimensões menos elevadas. Portanto, um massivo cordão foi dividido e estamos agora desligados de tudo velho... nossas vidas anteriores, nossos papéis anteriores, e o nosso tudo anterior... realmente.

 

Isto pode parecer que muito de tudo está muito distante e residindo agora em outro mundo, pode parecer que subitamente nos afastamos de muito e dos indivíduos a que estávamos conectados antes. Pode ser quase impossível a comunicação com aqueles que estão residindo em outro lugar... seja através de problemas de comunicação ou até com a tecnologia (e Mercúrio como retrógrado está contribuindo para isto).

 

Sim, nós fomos "afastados" por algum tempo enquanto este processo se revelava, mas o que é diferente agora, é que as gavinhas restantes estão agora sendo muito subitamente cortadas. Como uma faca que arrancam e removem as energias de vibração menos elevada de nossas vidas de uma tacada só, quaisquer laços restantes estão sendo agora cortados, aparentemente gostemos disto ou não. Se tivermos atravessado para o outro lado, não nos são permitidas estas conexões com aqueles na velha realidade, nos modos que tivemos anteriormente.

 

O que está ocorrendo aqui é a separação dos mundos. O grande vácuo entre os degraus da escada da ascensão está certamente próximo agora. Ao redor da janela do tempo de 9 de Setembro,  fomos solicitados a escolher. Foi-nos perguntado se queríamos avançar para a nova realidade, permanecermos atrás e experienciarmos o sofrimento, ou deixarmos o planeta completamente. 

 

Tempo suficiente tinha passado para toda e cada alma neste planeta entrar a bordo, acessar a fonte, examinar os seus padrões e crenças, fazer mudanças, e estar disposta a crescer. O tempo acabou. As decisões foram feitas, e agora, os resultados daquelas decisões estão agora começando a se manifestar.

 

A separação dos mundos não será agradável de muitos modos, mas tudo é relevante a como escolhemos perceber as coisas. Aqueles que permaneceram atrás, ou que escolheram permanecer no velho mundo e na velha realidade, relutantes em fazer as mudanças e a se abrirem, experienciarão agora uma massiva quantidade de sofrimento e destruição. Normalmente eu não sou uma escritora, cujo tema seja sofrimentos e destruição, mas eu devo permanecer verdadeira ao que está ocorrendo, e infelizmente, este será o novo cenário.

 

Chamados de despertar sempre ocorrem através do sofrimento, ou ao atingirem o ínfimo, ou através do desespero. Assim, este será o cenário para aqueles que existem do "outro lado" de onde estamos agora. Mas para aqueles que escolheram avançar, um cenário inteiramente diferente estará presente.

 

Aqueles que escolheram permanecer na Terra, e aqueles que escolheram estar dispostos a confiar e a acessar um início muito novo e uma nova experiência, que estão dispostos a deixar ir muito de tudo, e que estávamos muito preparados, estão agora finalmente começando os primeiros estágios de criar o seu próprio céu na terra.

 

Se pudermos ser mais claros e detalhados sobre o que é que queremos criar para nós mesmos, e como será exatamente, então agora é finalmente o momento de experienciá-lo. Milagres ocorrerão, estaremos protegidos e seguros, estaremos em um novo mundo e em uma nova terra, e, certamente, teremos um início muito novo sem conflitos, dor, negatividade, perda, e muito mais que possamos ter encontrado em tempos passados.

 

Para mim, este é um processo doloroso em relação a quem foi deixado para trás. Eu perdi o meu pai, a minha mãe, e agora a minha filha e os meus netos. Estas energias rigorosas cortam com tanta intensidade e força, que parece que ocorreu uma terrível morte, mas a pior parte para mim, está em assistir o sofrimento dos meus amados. Mas eu sei também, que todos eles estão em suas próprias jornadas individuais... e estas jornadas podem ser maravilhosas de assistir aos níveis de alma.

 

Todos tiveram tempo suficiente para se alinharem com o novo, até este ponto de conclusão. Tinha que haver um ponto de ruptura em algum ponto, e este é o momento.

 

Mas tudo, naturalmente, não está perdido. Há sempre espaço para a mudança, para o crescimento, e diferentes decisões a serem tomadas. Nunca é muito tarde. Tudo não está perdido para o velho mundo. O que está ocorrendo é uma separação dos mundos, um grande vácuo entre eles que crescerá mais ainda em tempos que se aproximam, e uma distinta remoção de qualquer tipo de interação de um mundo ao outro.

 

Esta é uma separação massiva, com um limite muito justo.

 

Portanto, estaremos muito afastados e incapazes de uma conexão com a vibração do "outro lado" abaixo de nós... com o velho mundo. Nós não podemos mais residir lá, pois estamos agora vivendo e respirando totalmente o que esteve do "outro lado" para nós por tanto tempo. Assim como nos conectamos agora com o velho mundo se assim o escolhermos, especialmente se não somos mais permitidos lá?

 

Nós estamos agora do "outro lado" que os nossos guias viveram por tanto tempo. Nós estamos realmente nos tornando anjos terrestres. Assim, nós somos agora os anjos da Terra para aqueles no velho mundo. E é assim que nos conectaremos se realmente o escolhermos e precisarmos nos conectar. Isto significa sem salvar, assim fazendo coisas para outros que residam lá, e sem ajudar. Como anjos terrestres, nós auxiliaremos quando solicitados, através de nossas experiências e habilidades. Nós permitimos que aqueles no velho mundo encontrem o seu próprio caminho, como o fizemos em tempos passados. Quando precisávamos de ajuda, nossos guias e anjos nos davam conselhos, e tal, e isto é o que estaremos agora fazendo também.

 

Nossos guias não vinham em nossos espaços (os de vibração mais elevada pelo menos), não convidados, nos diziam o que fazer e como fazê-lo ( a menos que solicitados), faziam tudo por nós, e vivem onde vivíamos, a fim de criar a vibração do planeta. Eles permaneceram do outro lado, permitindo-nos criar as nossas próprias vibrações e mantermos a nossa própria luz, e nos auxiliavam em como fazer isto, até que estivéssemos eventualmente com uma vibração tão elevada quanto eles estavam, e então eles partiam e davam espaço para nós.

 

Se continuássemos a residir no velho mundo, estaríamos mantendo toda a energia de vibração mais elevada, devorando-a, assim falando, e, portanto, não admitindo aqueles que estão ainda encontrando o seu caminho para abrir por si mesmos. Eles precisam encontrar os seus próprios eus de vibração mais elevada e as suas próprias conexões, acessando as suas. Nós podemos agora assistir à certa distância, auxiliarmos quando solicitados pelas almas deixadas para trás que estão dispostas e condescendentes, e deste modo, talvez nos sentirmos um pouco melhor em relação ao sofrimento e a destruição que logo estarão ocorrendo na velha realidade. Como sempre, o sofrimento e a destruição servirão como um ímpeto para o despertar, assim como a nossa própria presença em momentos especiais.

 

Outro modo de conexão, é através da vibração eternamente elevada do amor. Mas este modo tem uma vantagem diferente. Como estamos agora muito em uma nova realidade, as nossas conexões com aqueles que não solicitaram ajuda, serão simplesmente em relação às interações normais ainda necessárias de alguns modos. Durante estes breves momentos de visita ao velho mundo, a permanência em um espaço amoroso nos mantém na vibração mais elevada de onde viemos.

 

Enquanto o tempo passa, a separação se tornará até mais severa. Atualmente, há mais uma chance para as almas que estão bem no limite para atravessar, pois esta separação já ocorreu e a linha está ainda um pouco escura. Bem nesta beira ou limite, há muitos ainda tomando uma resolução. Todos os novos espaços não podem ser preenchidos,  e novas conexões feitas, até que toda e cada alma determine o que elas querem agora fazer, e como elas querem que seja a sua realidade. Quando estas decisões finais forem tomadas, então as almas começarão a se conectar, e também começarão a cortar os laços com outras almas.

 

Assim, e quanto a todas as novas chegadas? Como elas sobreviverão e como será a vida? Como mencionei tantas vezes antes nas mensagens de ASAS, nós nos conectaremos, uns com os outros, e assim, teremos todas as nossas necessidades satisfeitas, teremos apoio mágico, e nos sustentaremos de modos maravilhosos, pois criamos uma realidade muito nova.

 

Mas primeiro, nós devemos saber quem nós somos,  do que se tratam os nossos verdadeiros e autênticos eus, e o que estamos aqui para contribuir. E devemos decidir como queremos que sejam os nossos novos inícios também. Uma vez que estas decisões forem distintamente tomadas, uma âncora é colocada, e as coisas começam a se resolverem.

 

Eu estive agitadamente escrevendo o novo mini livro eletrônico, com muita desta informação para vocês, servindo felizmente para validar o que vocês já sabem e servir como um roteiro também, a fim de colocar mais clareza e propósito  a esta nova situação e processo, do que eu poderia em uma breve mensagem de ASAS. E eu estou no processo de instalar um acampamento em uma nova área também, onde eu residirei por algum tempo, e estarei oferecendo reuniões àqueles que chegarem ao novo.

 

Se pudermos nos permitir a sermos positivos, abertos, e confiarmos que o nosso céu na terra está realmente aqui agora, e permanecermos fora do velho mundo tanto quanto possível, nosso céu então se manifestará para nós muito mais prontamente, pois estes estados mais elevados de ser realmente servem para nos manter lá. E para aqueles que não possam avançar muito ainda, o seu espaço atual pode pronta e facilmente se tornar um Céu na Terra, sozinho, até que o momento seja adequado. Nós estamos sendo muito protegidos e zelados agora, mantidos muito seguros e protegidos, não importa onde estejamos, pois as coisas são sempre divinamente orquestradas

 

Com muito amor e gratidão,

Karen

Tradução: Regina Drumond   reginamadrumond@yahoo.com.br

 Fonte:

http://www.novasenergias.net/oquesepassanoplanetaterra/asas/asas.latest.htm

http://www.novasenergias.net/oquesepassanoplanetaterra

Voltar